Sábado, 19 de Janeiro de 2019

Coluna do SETCERGS


 

setcergs

 

19 de dezembro de 2018.


Afrânio Kieling faz um balanço de suas duas gestões na Presidência do SETCERGS

Na última reunião de Diretoria do ano do SETCERGS, realizada nesta segunda-feira, 17 de dezembro, o presidente Afrânio Kieling, cujo mandato encerra no próximo dia 31, fez um balanço dos biênios 2015/2016 e 2017/2018 na Presidência da entidade. Ressaltou que, em seu primeiro mandato, levou praticamente seis meses observando tudo o que podia dentro do sindicato para que pudesse aprender como as coisas funcionavam para, só então, enxergando a entidade de dentro e sob um ponto de vista diferente, chegar às suas próprias conclusões.

 

"Foi um grande aprendizado, diferente do que estamos acostumados a lidar em nossas empresas, onde, muitas vezes, é uma pessoa que decide e ponto final. No sindicato, é preciso pensar no coletivo, mas acredito que fizemos o nosso melhor", avaliou Kieling.

 

Um dos acontecimentos mais significativos nesses dois mandatos foi a mobilização do SETCERGS em defesa da aprovação da reforma trabalhista. "Além de proporcionar muitos debates sobre o tema, convidamos especialistas para prestar todos os esclarecimentos possíveis sobre essa mudança, como o juiz federal Marlos Augusto Melek, um dos idealizadores da proposta que reformou a CLT [Consolidação das Leis do Trabalho]. Também registramos uma participação proativa no CONET&Intersindical realizado na cidade de Bento Gonçalves [RS], em agosto de 2016, sem contar nossas várias presenças em audiências públicas realizadas em Brasília", reforçou.

 

Kieling falou de outra bandeira do SETCERGS: a defesa da aprovação do marco regulatório do setor de transporte rodoviário de cargas (TRC), onde, visando à aprovação dessa regulamentação, ainda em tramitação no Senado, provocou e organizou muitos debates em sua própria sede, localizada em Porto Alegre, e, também, encontros com lideranças nacionais do setor e articulações com a classe política.

 

O dirigente também evidenciou a luta da entidade em defesa da desoneração da folha de pagamento, o que gerou muitas reuniões com senadores e deputados, reconhecendo "como fantástica a presença do SETCERGS opinando e discutindo esses temas fundamentais para as empresas associadas". "Foi um dos marcos triunfantes da nossa gestão. Conquistas em favor de nossos associados e que deram resultados significativos. Por essas e outras questões, tenho a certeza de que, hoje, nosso sindicato está muito bem relacionado com os órgãos públicos e tem portas abertas em Brasília, onde tudo acontece no âmbito do governo federal. Da mesma forma, aqui no estado, onde, devido a esse bom relacionamento, também conseguimos muitas melhorias para o nosso setor", ponderou Kieling.

 

Superando a turbulência econômica e politica

Apesar de enfrentar suas duas gestões em um cenário de muita turbulência política, com reflexos na economia nacional, Kieling ressaltou que, ao lado de seus colegas de Diretoria, e respaldado por tradicionais e novas parcerias, encarou o desafio de dar prosseguimento à TranspoSul - Feira e Congresso de Transporte e Logística, que se consolidou como o segundo maior evento do setor no país.

 

Em 2015, o Produto Interno Bruto (PIB) nacional era de -3,5%; no ano seguinte, de -3,3%; até que, em 2017, atingiu um patamar positivo de 1% e evoluiu um pouco para 1,3% este ano. Nesse período, a TranspoSul passou por inovações e diversificou sua programação com a introdução do Feirão de Caminhões Seminovos e dos test drives de caminhões, com o Pit Stop Logístico, as visitas orientadas, entre outras atrações.

 

Já para a programação do congresso técnico do evento, foram convidados palestrantes renomados, como o economista Gustavo Loyola, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e, em 2017, um palestrante muito especial: o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro.

 

Kieling também destacou que a última TranspoSul de sua gestão voltou a ser realizada na Serra Gaúcha, na Fundação Parque de Eventos e Desenvolvimento de Bento Gonçalves (Fundaparque), apresentando um dos melhores resultados de todas as edições do evento.

 

Números dos biênios 2015/2016 e 2017/2018

No período das duas gestões do presidente Afrânio Kieling, foram registradas em atas 160 reuniões, com a abordagem de 640 temas.

 

Com o patrocínio da Scania/Suvesa, foram promovidos dez SETCERGS Debates, quando foram convidados especialistas para palestrar sobre diversos temas pertinentes e atuais ao setor, como, por exemplo, a reforma trabalhista, os desafios da sucessão em empresas familiares, o eSocial, entre outros.

 

Foram realizadas diversas reuniões-almoço que contaram com as presenças do senador Lasier Martins (PSD/RS), do prefeito e do vereador de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior (PSDB) e Valter Nagelstein (PMDB), respectivamente, do economista Ruy Quintana, entre outros convidados. Somam-se a esses eventos, o Café com Jurídico e o Encontro com Associados SETCERGS. Este último chegou a reunir quase 300 pessoas na sede do SETCERGS, quando, em junho deste ano, lotaram os dois auditórios da entidade para saber mais sobre "Os impactos da tabela do preço de frete mínimo para o TRC", publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

 

Também merecem registro as reuniões da Comissão de Segurança e Roubo de Cargas e da Comissão Permanente de Infraestrutura e Concessões da entidade, as ações de responsabilidade social do SETCERGS, lideradas pelo Núcleo de Ação Social (NAS) do sindicato, sob a coordenação de Nádia Guimarães, e a já tradicional parceria com a Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul, onde o sindicato, com apoio de suas empresas associadas, faz a logística social de tudo o que a rede arrecada.

 

Com relação ao Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC), de janeiro a novembro de 2018, 576 empresas foram recadastradas e 583 novos cadastros foram feitos.

 

Por fim, Kieling agradeceu: "Meu agradecimento muito especial a todos meus colegas de Diretoria do SETCERGS que sempre me apoiaram e cooperaram nas minhas duas gestões. Faço também um agradecimento a todos nossos associados, pela confiança, e aos nossos colaboradores, por todo apoio, pois, não tenho dúvidas de que, sem eles, nossa gestão não seria tão exitosa. Nossa gestão foi muito bem preparada, trazendo os jovens para dentro do sindicato e incentivando-os a trazer renovação e novas ideias ao setor", finalizou.

 

www.setcergs.com.br