Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

Fluxo pedagiado total recuou 0,1% em agosto, sinalizando um ligeiro recuo da produção industrial no período


 

http://www.economiaemdia.com.br/EconomiaEmDia/imagens/mailing/header-boletim.jpg

Destaques do dia – 11/09/2018

    Fluxo pedagiado total recuou 0,1% em agosto, sinalizando um ligeiro recuo da produção industrial no período

    Indicador de expectativas na Alemanha melhorou em setembro, mas continua em patamar negativo

Fluxo pedagiado total recuou 0,1% em agosto, sinalizando um ligeiro recuo da produção industrial no período

A variação do fluxo pedagiado de veículos ficou próxima à estabilidade, ao recuar 0,1% na passagem de julho para agosto, na série livre de efeitos sazonais, conforme divulgado ontem pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). Esse resultado manteve a tendência de ligeiro recuo observada na leitura anterior. Ainda na comparação com julho e desconsiderando os efeitos sazonais, ambas as aberturas do indicador apresentaram elevação: o fluxo pedagiado de veículos leves avançou 0,6% em agosto, enquanto o de pesados cresceu 0,7%. Na comparação com o mesmo período de 2017, o fluxo pedagiado total recuou 1,6%, refletindo o recuo de leves. Por fim, esse resultado e outros indicadores coincidentes já divulgados sugerem um ligeiro recuo da produção industrial em agosto.

 

Internacional

Indicador de expectativas na Alemanha melhorou em setembro, mas continua em patamar negativo

O índice Zew de expectativas da Alemanha avançou 3,1 pontos entre agosto e setembro, atingindo o patamar de -10,6 pontos, surpreendendo positivamente a expectativa do mercado (-13,0 pontos). Trata-se da segunda alta consecutiva, após o indicador ter atingido o nível mais baixo da série. Ainda assim, o índice segue em patamar negativo e bem abaixo da média histórica, de 22,9 pontos. Segundo o órgão divulgador, o acordo firmado entre os Estados Unidos e o México pode ser uma explicação para essa ligeira queda das preocupações, a despeito do agravamento das crises cambiais na Turquia e na Argentina. Já o indicador de situação atual continua em patamar elevado, ao registrar avanço de 3,4 pontos, para 76,0 pontos no período. Em suma, esses dados são compatíveis com nosso cenário de crescimento de 1,9% do PIB alemão neste ano. As incertezas em torno dos desdobramentos das tensões comerciais e do cenário de menor crescimento mundial permanecem como fator de risco para esse cenário.

 

Tendências de Mercado

Os mercados acionários operam sem tendência única nesta manhã, refletindo os temores sobre as relações comerciais das maiores economias do mundo. Por um lado, o presidente Donald Trump pretende impor novas tarifas a produtos chineses e, por outro, a China informou que pedirá autorização à OMC para também impor sanções comerciais aos Estados Unidos. Assim, os pregões asiáticos fecharam com resultados mistos, enquanto as bolsas europeias operam predominantemente no campo negativo. No mesmo sentido, os índices futuros norte-americanos apresentam baixa.

 

No mercado de câmbio, o dólar deprecia frente à maioria das moedas, com exceção do iene e do dólar australiano. A libra, que já vinha se fortalecendo, segue apreciando, após divulgação de dados do mercado de trabalho do Reino Unido e de uma visão mais otimista sobre um possível acordo para o Brexit, atingindo máximas em cinco semanas.

 

Com relação às commodities, as cotações de petróleo avançam nesta manhã, uma vez que o dólar mais fraco tende a apoiar a demanda dos detentores de outras divisas. Além disso, o aumento das preocupações com possíveis sanções norte-americanas ao Irã, que poderiam afetar a oferta do produto, tem pressionado as cotações. Em sentido oposto, as commodities agrícolas recuam, predominantemente, assim como as metálicas, com destaque, entretanto, para a alta do alumínio, tendo em vista a carta da Associação de Alumínio enviada ao representante comercial dos EUA, para que o governo Trump use as negociações com o México e Canadá para isentar esses países de tarifas.

 

No Brasil, na ausência de indicadores relevantes, o mercado deve reagir ao cenário internacional.

Agenda do dia

Horário

País

Eventos

Previsão
mercado

Previsão
DEPEC

09:00

Brasil

IBGE: Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (ago)

 

 

09:00

Brasil

Conab: 12º Levantamento da safra de grãos 2017/2018

 

 

09:00

Brasil

IBGE: Pesquisa Industrial Mensal - Regional (jul)

 

 

Conheça também nosso site: economiaemdia.com.br

 

 

ATENÇÃO:
- O BRADESCO não solicita em seus e-mails, em hipótese alguma:
- Atualização de cadastro ou qualquer outro tipo de informação pessoal;
- Números da Agência, conta corrente ou poupança, senhas ou números do Cartão de Crédito
- O BRADESCO não envia em seus e-mails arquivos anexados que são executáveis.
- Arquivos executáveis são os que realizam comandos quando abertos pelo usuário. Não há regras, mas as extensões mais comuns para esses arquivos são EXE, BAT, SCR e COM.