Tamanho do Texto
Aumenta | Diminui

Resultado do PIB mostra economia em aceleração

O resultado do PIB do ano passado, crescimento de 1%, veio ligeiramente abaixo do que se esperava. Mas o número não muda o cenário para 2018. O diagnóstico é de uma economia em aceleração no decorrer do ano, fechando 2018 com crescimento acima de 3%.

Os dados do quarto trimestre comparados com o terceiro trimestre evidenciam o processo de aceleração em andamento. Nessa comparação a economia cresceu 0,1%, com resultado positivo em todos os setores, exceto agropecuária, que ficou estável.

A indústria cresceu 0,5%, serviços 0,2% e o investimento ( formação bruta de capital fixo) 2%. O consumo das famílias foi modesto: avançou 0,1% e o consumo do governo 0,2%.

O crescimento zero da agropecuária não pode ser considerado resultado frustrante: a safra do ano passado foi espetacular, recorde. O resultado do quarto trimestre apenas confirma que temos uma boa safra, já em fase de colheita, também para este ano. O que garante estabilidade de preços dos alimentos.

Outro dado a destacar: o investimento cresceu por dois trimestres consecutivos, sinalizando aumento da produção. Embora o resultado fechado para o ano ainda seja negativo: a taxa de investimento sobre o PIB foi de apenas 15,6%, menor do que a de 2016, que ficou em 16,1%.

A recessão de dois anos, finalmente superada com o modesto crescimento de 1% no ano passado, deixou sua marca mais visível no PIB per capita: queda acumulada de 8,9% entre 2014 e 2016.

No ano passado, o PIB per capita cresceu 0,2%, o que mostra o quanto a economia ainda precisa crescer para superar o trauma recessivo.

Fonte: G1

Voltar
ANFIR - Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários - Rua Conselheiro Saraiva, 306 Conjunto 55 - Santana - São Paulo - SP Cep: 02037-020 Telefone: (11) 2972-5577 Fax: (11) 2972-5570