Tamanho do Texto
Aumenta | Diminui

Fras-le anuncia desempenho do terceiro trimestre e dos nove primeiros meses de 2017




Após um terceiro trimestre com volumes de vendas de materiais de fricção apresentando alta de 14,1% em todos os mercados e segmentos, e apesar dos impactos negativos da oscilação do dólar, a Fras-le alcançou uma receita líquida consolidada no terceiro trimestre de R$ 218,9 milhões, atingindo um melhor desempenho em relação aos trimestres anteriores e uma evolução de 11,4% na comparação com o 3T16. A receita líquida em nove meses chegou a R$ 611,3 milhões.

O volume de unidades vendidas de materiais de fricção nos 9M17 chegou a 65,2 milhões, evolução de 7,5% comparada aos 9M16. Já o grupo de produtos relacionados ao freio, tais como cilindros mestre, de roda e de embreagem e servo freio, destaca-se com evolução próxima a 50% nos 9M17, comparado a igual período do ano passado. Igualmente, as exportações da Companhia a partir do Brasil, neste terceiro trimestre, apresentaram melhor performance em relação aos trimestres anteriores, embora no acumulado tenha apresentado uma pequena queda por força de problemas conjunturais em mercados como África e Europa, e níveis elevados de estoque nos EUA.

"Continuamos caminhando a passos largos no mercado internacional através das unidades nos EUA e na Ásia, warehouse na Argentina e Alemanha e as operações comerciais em todos os continentes, estratégia que ganha força com a inauguração, em novembro, da nova planta na China, adicionando capacidade e know-how para uma atuação mais forte naquele país e a nova operação comercial na Colômbia, com wharehouse para suportar e reforçar a presença da empresa na América Setentrional, notadamente os mercados da Colômbia, Peru, Equador, Norte da América do Sul, e América Central e Caribe", observa Sérgio de Carvalho, diretor-presidente e de Relações com Investidores da Fras-le e COO da Randon S.A - Divisão Autopeças. Ele lembra que mais de 50% das receitas da Companhia advém de mercados fora do Brasil. O fortalecimento da presença externa, somado à liderança no Brasil, e o direcionamento de quase 90% das vendas para o segmento de reposição, caracteriza a empresa com forte resiliência em suas receitas e resultados.

O EBITDA consolidado do 3T17, equivalente a R$ 29,2 milhões, reflete efeitos do menor nível de receitas e lucro bruto decorrentes, principalmente, de política cambial sobre exportações. Com estes fatores o EBITDA teve redução de 13,6% em relação ao EBITDA do 2T17, porém, este desempenho é 24,4% superior ao do 3T16. A margem EBITDA ficou em 13,3% no trimestre.

O lucro líquido consolidado do 3T17 somou R$ 15,9 milhões, que na comparação com o 3T16 equivale a um desempenho 29,6% inferior. Porém, no período acumulado nos 9M17, o lucro líquido consolidado somou R$ 53,7 milhões, crescimento de 0,6% comparado a igual período do ano passado, e uma margem líquida de 8,8%, sendo 8,6% nos 9M16. No período acumulado, o lucro líquido conta com efeito do benefício fiscal de R$ 9,0 milhões, pelo pagamento de juros sobre capital.

EXPORTAÇÕES - Apesar dos principais mercados da Fras-le no exterior, entre os quais EUA e Argentina, apresentarem desempenho inferior à média histórica de vendas, as exportações a partir do Brasil, no terceiro trimestre, apresentaram melhor performance em relação aos trimestres anteriores. Entre os locais para os quais houve melhora nas vendas aparecem o México, regiões como Oceania e Oriente Médio, além de alguns países na América do Sul. As exportações a partir do Brasil somaram US$ 20,0 milhões no 3T17, número que evoluiu 3,1% em comparação ao 2T17, enquanto nos nove meses acumula US$ 63,8 milhões, correspondendo a uma queda de 15,3% na comparação com os 9M16.

Fonte: Randon

Voltar
ANFIR - Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários - Rua Conselheiro Saraiva, 306 Conjunto 55 - Santana - São Paulo - SP Cep: 02037-020 Telefone: (11) 2972-5577 Fax: (11) 2972-5570